Emagrecimento Ortomolecular

 
Entrar no site Entrar no site
 
 
Telefone
 
 

Emagrecimento Ortomolecular


O Emagrecimento Ortomolecular através de dietas funcionais.

No meio artístico não se fala em outra coisa senão do Emagrecimento Ortomolecular que enxugou 17 kg de Solange Couto, 5 kg de Giovanna Antonelli, 3,5 kg de Juliana Knust e 8 kg de Priscila Fantin. Confira os prós e os contras desse plano alimentar e veja se vale à pena aderir.

Há um consenso entre os especialistas, das mais diversas áreas, de que a saúde está diretamente ligada à ingestão das quantidades essenciais de vitaminas, sais minerais e aminoácidos. Baseada nesse conceito também está a Medicina Ortomolecular, que há alguns anos vem sendo estudada no Brasil e, desde então, constatou-se a relação entre carência nutricional com dieta alimentar e má absorção dos nutrientes pelo corpo.

Inicialmente essa ciência era usada para promover a desintoxicação de metais pesados entre trabalhadores da indústria e da metalurgia. Mas tudo mudou a partir da descoberta dos radicais livres, moléculas que agridem o organismo acelerando o envelhecimento celular e que estão em toda parte (no ar que respiramos e até na comida).

Os suplementos, prescritos por médicos de forma personalizada para cada paciente com base em exames ortomoleculares, fazem com que as células do organismo encontrem seu eixo e favoreçam os ciclos metabólicos levando ao emagrecimento.


Sabe-se que os radicais livres são combatidos com os chamados antioxidantes, ou seja, vitaminas em doses que variam conforme as necessidades de cada pessoa.

Partindo dessas idéias, a medicina ortomolecular defende o consumo de frutas, verduras, legumes, peixes, queijos brancos, óleo de canola e azeite virgem. Aves, ovos, leite magro e cereais integrais devem participar da alimentação na quantidade adequada  para cada paciente. Ao mesmo tempo, pede-se para riscar do cardápio as gorduras saturadas encontradas nas frituras com óleo superaquecido e reaproveitado em itens como pastel de feira, bife à milanesa e batata frita, que prejudicam o coração, a pele, a circulação sanguínea e a visão, além de causar colite (inflamação do intestino) e muitos outros transtornos ao organismo. É preciso abolir ainda açúcares e farináceos (pão francês, bolo, macarrão e demais pratos feitos com farinha branca), pois ambos aumentam a taxa de colesterol ruim e possuem alto teor de radicais livres, que favorecem o diabetes, além de fermentarem no aparelho digestivo causando distensão abdominal e gases.

O termo Medicina Ortomolecular foi usado pela primeira vez pelo cientista Linus Pauling, nos anos 60. De acordo com Linus, que foi indicado para o prêmio Nobel de Química e da Paz, esta seria a maior conquista da Medicina dos últimos anos e consistiria no uso de substâncias naturais, ou seja, vitaminas, minerais, aminoácidos e fitoterápicos para promover o reequilíbrio químico do organismo.

Pouco tempo depois surgiu a teoria dos radicais livres, moléculas altamente nocivas à saúde causadas pela excessiva ingestão de gorduras animais, álcool, fumo e principalmente devido ao estresse. Essas moléculas nocivas são responsáveis por inúmeras doenças degenerativas que levam a humanidade ao envelhecimento precoce, dentre elas as mais evidentes são as: cutâneas, oculares, musculares, cerebrais, pulmonares, cardíacas, hormonais e sexuais.

Depois veio a dieta ortomolecular, que não é indicada simplesmente para emagrecer, mas, principalmente, para retardar o envelhecimento degenerativo causador de inúmeras patologias como: Mal de Parkinson, Doença de Alzheimer, Demência Senil, Diabetes, Infarto do Miocárdio, Impotência, Osteoporose.

 

O Médico Ortomolecular diante das Especialidades Médicas no Brasil

Os Tratamentos Médicos Ortomoleculares são realizados através de: Nutrição Ortomolecular, Dietas Ortomoleculares, Nutrientes Ortomoleculares e Complementos Ortomoleculares voltados para diversas Áreas da Medicina.

A Medicina Ortomolecular deve ser praticada por Médicos Especialistas em Nutrologia e Clínica Médica (ou Medicina Interna) visando:


Para ilustrar vamos decorrer superficialmente sobre algumas Especialidades Médicas e fatos relevantes relacionados a:


Na Alergia atua diminuindo ou afastando as possibilidades de interação com os alimentos que causam alergia.

Na Imunopatologia age através de processos enzimáticos complexos que melhoram as defesas do organismo.

Na Angiologia fornece alimentos que fortalecem os vasos, melhoram o retorno venoso (exemplo: A diminuição da barriga leva a descompressão da veia cava inferior minimizando o edema nas pernas) ou através da diminuição das alterações das paredes das artérias diminuindo a possibilidade de formação de trombos.

Na Cancerologia estudos recentes mostram que a concentração de algumas substâncias (como o aumento de fósforo e a diminuição de cálcio) aumenta o risco de câncer.

Na Cardiologia são notórias as vantagens da diminuição do colesterol alimentar e do stress oxidativo.

Na Coloproctologia sabemos das vantagens das dietas ricas em fibras.

Na Dermatologia alimentos que combatem os radicais livres previnem o câncer de pele.

Na Endocrinologia a ação dos aminoácidos e lipídios está presente.

Na Metabologia tem suas bases científicas em nutrientes, dietas, obesidade, ganho de peso, excesso de massa gorda, falta de massa magra, calorias, emagrecimento e erros do metabolismo.

Na Gastroenterologia o valor dos alimentos é indiscutivelmente notado, contudo não podemos nos esquecer do importantíssimo papel das enzimas digestivas.

Na Ginecologia podemos diminuir grande quantidade de moléstia como os corrimentos vaginais. Atualmente o corrimento vaginal mais freqüentemente encontrado é o de cor branca provocado pela Candida albicans uma espécie de fungo diplóide.

Na Obstetrícia muitas vezes aparecem anemias que precisam de vitaminas e ferro.

Na Hematologia as hemácias, os leucócitos e as plaquetas dependem do estado nutricional do paciente.

Na Hepatologia é comum encontrarmos a Esteatose Hepática que são fígados com excesso de gordura e podem se beneficiar de uma dieta saudável.

Na Mastologia a incidência de tumores pode ser diminuída pela alimentação sadia.

Na Endocrinologia a Terapia de Reposição Hormonal com Fitos hormônios (Hormônios de Plantas) é uma realidade.

Na Medicina do Esporte vitaminas e complementos alimentares são necessários para melhorar a desempenho e diminuir os riscos de contusões.

Na Nefrologia se a dieta for rica em sal ou estiver alterando pH urinário causará problemas para os rins.

Na Neurologia a má alimentação pode levar a demência, dor de cabeça, enxaquecas, alterações do sono e dor.

Na Oftalmologia não há dúvidas sobre as vantagens das dietas que melhoram a manutenção da visão em diabéticos.

A Ortopedia e Traumatologia usam suprimentos de aminoácidos, vitaminas e dietas balanceadas para melhorar a cicatrização óssea.

A Otorrinolaringologia através de alimentos pode diminuir as possibilidades de doenças na garganta, ouvidos e nariz.

A Pneumologia através da dietoterapia melhora a respiração e diminui os processos alérgicos das bronquites.

Na Psiquiatria sabemos que várias substâncias adicionadas aos alimentos podem levar a Demência Senil, a Doença de Parkinson e ao Mal de Alzheimer.

Na Reumatologia sabemos que vários alimentos interferem da doença articular.

A Acupuntura trata as dores que muitas vezes são provocadas por alimentos. Para a cura é necessário a retirada do estímulo que provoca a dor, o alimento.

Na Especialidade de Clínica Médica que também é conhecida pelo nome de  Medicina Interna sabemos que para cada doença e fase de cada patologia existe uma receita dietética apropriada.

Na Pediatria sabemos que alimentação saudável é fundamental.

A Geriatria e a Gerontologia se preocupam com a longevidade, o envelhecimento saudável, o retardar do relógio biológico, o rejuvenescer da fisionomia. Portanto podemos concluir que a alimentação saudável, balanceada e acompanhada por Médico Especialista é fundamental.

Na alimentação saudável há medicamentos diários em cada nutriente. Quando se vai à feira ou ao supermercado devemos ter em mente a busca do remédio ideal para o dia a dia. Porque os alimentos são os remédios naturais que são indispensáveis ao nosso corpo e fazem bem a vida.

Uma dieta balanceada é a fórmula do emagrecimento e uma necessidade para manter o peso.

Uma dieta saudável previne o aumento do Colesterol, o Infarto do Miocárdio, o Câncer, a Diabetes, as Doenças Degenerativas e inúmeras outras doenças.

Conclusão 1:

Podemos afirmar que todas as áreas da Medicina interligam-se através do Médico Ortomolecular, da Clínica Ortomolecular (Nutrição Ortomolecular) e da Prevenção Ortomolecular.

 


Conclusão 2:

Não existe uma Fórmula Ortomolecular que sirva para todos os pacientes, não há uma Fórmula de Emagrecer Ortomolecular para todos os pacientes ou uma única Dieta Ortomolecular para todos os pacientes. O que existe é a possibilidade comprovada pela Medicina Científica de correções multifatoriais individuais por Médicos Especialistas que obterão com certeza o melhor em resultados para o paciente.

 

 

 

Índice das Principais Atividades dos
Centros Médicos MEGA 21

BIOPLASTIA CORPORAL

Bioplastia O que é Bioplastia
Bioplastia de Glúteos Bioplastia de Glúteo
Bioplastia de Mão Bioplastia de Mão
Bioplastia de Panturrilha Bioplastia de Panturrilha
Bioplastia de  Peitoral Bioplastia de Peitoral
Bioplastia de Pênis Bioplastia de Pênis
Bioplastia de Ombro Bioplastia de Ombro
Bioplastia Genital Bioplastia Genital
Bioplastia Íntima Bioplastia Íntima Feminina

BIOPLASTIA FACIAL

Bioplastia de Lábios Bioplastia de Lábios
Bioplastia de Maçãs do Rosto Bioplastia de Maçãs do Rosto
Bioplastia de Mento Bioplastia de Mento (Queixo)
Bioplastia de Nariz Bioplastia de Nariz
Bioplastia de Rugas Bioplastia de Rugas
Bioplastia no Contorno do Rosto Bioplastia no Contorno do Rosto

GERIATRIA E MEDICINA ANTIENVELHECIMENTO

Diabetes Diabetes
Hormônios Bioidênticos Hormônios Bioidênticos
Medicina Antienvelhecimento Medicina Antienvelhecimento
Menopausa Menopausa e Climatério
Modulação Hormonal Modulação Hormonal
Nutrologia Nutrologia
Osteoporose Osteoporose
Pausas Hormonais Pausas Hormonais
Reposição Hormonal com Plantas Reposição Hormonal com Plantas

LIPOESCULTURA E CIRURGIA PLÁSTCA

Lipo de Abdômen Lipo de Abdômen
Lipo de Braço Lipo de Braço
Lipo de Coxa Lipo de Coxa
Lipo de Mama Feminina Lipo de Mama Feminina
Lipo de Mama Masculina Lipo de Mama Masculina
Lipo de Papada Lipo de Papada
Lipo de Púbis Lipo de Púbis
Laser SmartLipo Laser SmartLipo
Cuidados antes da Lipoaspiração Cuidados antes da Lipoaspiração
Cuidados depois da Lipoaspiração Cuidados depois da Lipoaspiração
Efeitos adversos da Lipoaspiração Efeitos adversos da Lipoaspiração
História da Lipoaspiração História da Lipoaspiração

MEDICINA ESTÉTICA

CeluliteCelulite
Estrias Estrias
Flacidez Flacidez
Gordura Localizada Gordura Localizada
Cosmética Dermatologia Cosmética (Cosmiatria)
Medicina Estética Medicina Estética
Rejuvenescimento facial Rejuvenescimento Facial

MEDICINA ORTOMOLECULAR E EMAGRECIMENTO

Dieta-ortomolecular Dieta Ortomolecular
Emagrecimento Emagrecimento
Medicina Ortomolecular Medicina Ortomolecular
Nutrologia Nutrologia
Perder-peso Perder Peso
Obesidade Obesidade
Terapia Ortomolecular Terapia Ortomolecular
Tratamento Ortomolecular Tratamento Ortomolecular

NEUROLOGIA E NEUROPSIQUIATRIA

Depressão Depressão no adulto e na criança
Dor Dor de Cabeça
Neuroendocrinologia Ortomolecular Neuroendocrinologia Ortomolecular
Neurofisiologia Clínica Neurofisiologia Clínica
Neurologia Neurologia
Neuropsiquiatria Ortomolecular Neuropsiquiatria Ortomolecular
Psiquiatria Ortomolecular Psiquiatria Ortomolecular

NEUROCIRURGIA

Neurocirurgia Neurocirurgia
Dor Tratamento da Dor

OUTRAS ESPECIALIDADES

homeopatia Homeopatia
Cirurgia Geral Cirurgia Geral
Clínica Médica Medicina Interna e Clínica Médica
Medicina Regenerativa Medicina Regenerativa
Nutrologia Nutrologia

Bioplastia
Emagrecimento Ortomolecular
Medicina Antienvelhecimento

Preocupamos-nos com a medicina ética apoiada nas diretrizes da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), do Conselho Regional de Medicina e do Conselho Federal de Medicina. Oferecemos o melhor aos pacientes através da pesquisa e do trabalho médico científico nacional e internacional.

Com a finalidade de esclarecer totalmente aos pacientes informamos:

Que as Especialidades Médicas pelas normas do Conselho Federal de Medicina são as estabelecidas pela Resolução CFM Nº 1.763/05 (http://www.portalmedico.org.br/resolucoes/cfm/2005/1763_2005.htm)

Que todos os médicos especialistas e suas especialidades constam nos sites: http://www.cadastronacionalmedico.org
ou http://www.portalmedico.org.br/novoportal/index5.asp

FONTE: Boaforma